Páginas
TwitterRssFacebook
Seções

Publicado por em ago 11, 2017 em Artigos | 0 comentários

O naturalismo de Rifle

Por Chico Izidro, especial para o site da Accirs

Rifle2

Dione Avila de Oliveira em Rifle

Dirigido por Davi Pretto, Rifle é um filme extremamente naturalista, mostrando o ocaso que vive o interior do país, com as dificuldades, isolamento e insegurança dos poucos pequenos proprietários da região, cercados por grandes fazendas mecanizadas e expansionistas, no caso aqui o Rio Grande do Sul. O filme teve como palco a fronteira próxima ao Uruguai, e grande parte das personagens são interpretadas por atores não profissionais. Eles têm o mesmo nome das pessoas que as interpretam, e apresentam falhas, como dicção ruim, algumas atuações beirando o tosco. Mas tudo isso acaba por engrandecer o longa.

O personagem principal é o jovem Dione (Dione Ávila de Oliveira). Ele é solitário, quando interage com outras pessoas, fala pouco e para dentro, mostrando extrema timidez. Ele vive isolado com sua família na área rural da cidade interiorana, que nunca ficamos sabendo qual o nome. Só que um dia Dione vai se rebelar, quando um rico proprietário tenta comprar a pequena propriedade de seus familiares.

A partir daí, ele passa a carregar um rifle. A ideia é defender seu território de investidores que ele considera nocivos. Mas do nada, Dione sai por aí como um sniper, mirando sua arma em tudo e todos. No ato do personagem, talvez possamos fazer a leitura de que com seu rifle, Dione quer afastar qualquer ameaça ao seu espaço, afastando tudo o que se aproxima por ali. Forte.

Post a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>